Rota dos Piratas

Durante o Séc. XVI e XVII, os Açores serviram como base para reabastecimento e protecção dos galeões espanhóis carregados de tesouros valiosos vindos do México e Peru. Por essa razão, as suas águas encontravam-se infestadas de piratas. Os relatos históricos começam em 1537 - D. João III encarrega Pedro Anes do Canto da construção de um baluarte, para defesa do porto de Angra, que é possível tenha sido levantado no local.

Até 1818 (27 de Junho) - desembarcam na Horta 27 pessoas portuguezas pertencentes a dois navios, que pelos Corsarios Insurgentes foraõ tomados ao oeste das Flores, vindos, hum do Rio de Janeiro, e outro da Paraiba. Felizmente para estes pobres infelizes, a gente foi deixada pelos ditos Corsarios em hum bergantim inglez, que seguia viagem da Costa d’ Africa para Londres. No total foram atacados, por corsários mexicanos, quatro navios portugueses: a galera São João Baptista, os bergantins D. João VI e Julia e a escuna Pomba Feliz.

Saída 09.00 H

Ponta delgada/ Sete Cidades / Várzea / Ferraria

Almoço com 1 hora de SPA

Ferraria/ mosteiros

Mosteiros/Ponta Delgada

chegada por volta das 16.00H

ROTA DOS PIRATAS

Dia inteiro

70€

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • TripAdvisor - White Circle
  • Google+ - White Circle
  • YouTube - White Circle
Base - Marina de Ponta Delgada, Portas do Mar | Telemóvel (00351) 966 945 181 | e-mail: sailingside@sailingside.com  |  GPS: 37°44'22.7"N 25°39'54.3"W
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now